Terça, Maio 31, 2016
   
Text Size


Esquecido

Avatar

Há uma paisagem estranha, que nunca a vi. Um mundo cinza, sem cores, nem sons. O caminho, bem, este parece longo, ao passo que tenho a sensação que há anos estou a caminhar nu, por esta estrada gélida, envolto pela névoa, que a cada passo parece aumentar o odor de enxofre

Sinto-me especialmente estranho. Não sou deste lugar. Um estranho. E por mais que tente recordar-me, a memória falha, e a única coisa que resta é a nítida sensação de buscar por encontro. Pelo jeito, não avisaram a outra parte que viria.

Talvez por isso caminhe a esmo. Busco por alguém. Ou alguma coisa.

A solidão deste lugar é angustiante. Por vezes vem o medo, como se algo muito mal estivesse cada vez mais próximo. Noutras vem-me a paz de quem será banhado por uma luz de paz. É estranho, pois a única coisa que me restou são os sentimentos.
 



Adicione este artigo à sua Rede Social favorita
Digg! Reddit! Del.icio.us! Google! Live! Facebook! StumbleUpon! Yahoo! Joomla Portal
Comentários (0)
Escrever um comentário
Your Contact Details:
Gravatar enabled
Comentário:
[b] [i] [u] [url] [quote] [code] [img]   
Security
Por favor coloque o código anti-spam que você lê na imagem.

Viagens Etéreas e Psicodélicas Impressas no Éter Universal

Divulgue o Simplicíssimo

 
 

(by Carla)

Login



Restore Default Settings