Sábado, Outubro 01, 2016
   
Text Size


O bosque dos desejos

Avatar

 Atrás daquele morro onde parecia não haver mais civilização, havia um bosque de bom tamanho que alguns chamavam de floresta. O macaco estava empoleirado num galho de carvalho, e entre uma macaquice e outra, mirava com desejo o trono vazio. Enquanto isso lá no chão uma hienarisonha achava graça de tudo, e vez por outra, não se duvide fingisse rugir, também olhava para onde iam os olhos do macaco. A coruja, mais recatada, aproveitava as sombras da noite para contemplar seu desejo mais secreto. No entanto, os dias se passavam, e o trono forjado em madeira nobre seguia completamente vazio no coração daquele bosque, por um simples motivo: ali não viviam os leões.  



Adicione este artigo à sua Rede Social favorita
Digg! Reddit! Del.icio.us! Google! Live! Facebook! StumbleUpon! Yahoo! Joomla Portal
Comentários (4)
  • Marcos Claudino  - Excelente!!
    avatar
    Bela sacada, amigo. Dá pra traçar alguns bons paralelos sobre a abordagem.

    Parabéns.

    abraço,

    Marcos
  • Afonso José Santana
    avatar
    Bela sacada mesmo, Douglas; muito bem escrito; diga-me, amigo, são uma continuação os seus textos?
    abraços.
  • Douglas Eraldo dos Santos  - Res
    avatar
    Bom dia pessoal. valeu os coments. Afonso, Estes textos são avulsos, embora muitas vezes se
    complementem, e são elaborados para uma coluna semanal em jornal impresso aqui da cidade
  • Afonso José Santana
    avatar
    Ah, ok, interessante; parabéns pela criatividade, Douglas. Grande abraço.
Escrever um comentário
Your Contact Details:
Gravatar enabled
Comentário:
[b] [i] [u] [url] [quote] [code] [img]   
Security
Por favor coloque o código anti-spam que você lê na imagem.

Viagens Etéreas e Psicodélicas Impressas no Éter Universal

Divulgue o Simplicíssimo

 
 

(by Carla)

Login



Restore Default Settings