Quarta, Maio 25, 2016
   
Text Size


O jardim

Avatar

 Ludovico Pendragon por muitos anos peregrinou pelo mundo, levando sua figura esguia, e rosto tomado pela longa barba, aos mais recônditos e desconhecidos lugares. Certa vez ao cruzar uma floresta com talos de brócolis do tamanho de jequitibás, deparou-se com um imenso jardim,com a mais verde grama que já vira, e os mais lindos canteiros de flores. No entanto, era um jardim incomum, e espalhado por sua infinidade centenas de portas para sua escolha, onde cada uma lhe levaria a um caminho diferente. Porém o peregrino permaneceu estático, pois olhava para cada porta, e sentia em seu íntimo que nenhuma delas seria capaz de levá-lo onde desejava. 



Adicione este artigo à sua Rede Social favorita
Digg! Reddit! Del.icio.us! Google! Live! Facebook! StumbleUpon! Yahoo! Joomla Portal
Comentários (0)
Escrever um comentário
Your Contact Details:
Gravatar enabled
Comentário:
[b] [i] [u] [url] [quote] [code] [img]   
Security
Por favor coloque o código anti-spam que você lê na imagem.

Viagens Etéreas e Psicodélicas Impressas no Éter Universal

Divulgue o Simplicíssimo

 
 

(by Carla)

Login



Restore Default Settings