Sexta, Julho 01, 2016
   
Text Size


Quimeras

Avatar

 O rei leão olhava com temor por sobre a pedra real. Os olhos dos súditos lhe pareciam de cobiça. Hienas pareciam ter jubas aos seus olhos. O macaco, astuto, surpreendeu-se ao sentir suas costas rasgando, e lhe provendo as desejadas asas. A formiga rendia-se ao gigantismo de sua nova forma. As girafas depois da cirurgia ostentavam pescoços anatômicos, confortáveis e bonitos. As zebras finalmente chegavam á solução para a questão Shakespeariana, se tinham o corpo preto com listras brancas, ou se eram brancas com listras negras. O Anú, sorriria se isso fosse possível, graças a repentina sabedoria equivalente das corujas. Uma galinha despenada e prestes ao abate se viu bela e maravilhosa como o pavão. Quimeras, nada mais que quimeras de uma noite delirante e febril. 



Adicione este artigo à sua Rede Social favorita
Digg! Reddit! Del.icio.us! Google! Live! Facebook! StumbleUpon! Yahoo! Joomla Portal
Comentários (0)
Escrever um comentário
Your Contact Details:
Gravatar enabled
Comentário:
[b] [i] [u] [url] [quote] [code] [img]   
Security
Por favor coloque o código anti-spam que você lê na imagem.

Viagens Etéreas e Psicodélicas Impressas no Éter Universal

Divulgue o Simplicíssimo

 
 

(by Carla)

Login



Restore Default Settings